Aprendizado · Dificuldades · Felicidade · Meus textos · Momentos · Pensamentos · Pessoal · Reflexão · Rotina · Vida

Um novo (re)começo

volteiiiiiiiiii
Ai que saudadinha que eu tava de escrever, principalmente aqui, no meu cantinho.
O que tem de novo? Eu voltei pro WordPress e vinculei o Espalhar Sorrisos com um antigo blog meu, então tem alguns textinhos antiguinhos aqui!!! E agora eu tenho um canal no youtube, ebaaa. Vem cá ver 🙂

A vida tem me surpreendido de diversas formas e algumas não são só sorrisos, mas a grande questão é essa, né? Altos e baixos significam que ainda estamos vivos, igual aquele aparelho de hospital, se fica reto significa que morreu. (Melhor agradecer pelos altos e baixos). Então, nessa de altos e baixos andei aprendendo muita coisa e sei que tenho muito mais a aprender também.
Vou citar algumas coisas que aprendi e acho válido ressaltar:

  • O futuro a Deus pertence
    (não se desespere e não fique se doendo por coisas que ainda nem aconteceram, o futuro é algo incerto, o presente é que conta, então se preocupe com as coisas que estão acontecendo agora, com aquilo que você pode fazer algo a respeito.)
  •  É normal se sentir sozinho às vezes
    (SIM, é normal, mas não deixe que isso te consuma e se perceber que isso está ficando frequente demais, veja se você que não está impedindo que as pessoas se acheguem a você, pode ser bom ficar um tempinho só, para espairecer, mas isso também dá espaço para alguns sentimentos ruins e perigosos. Se cerque de pessoas de bom humor e bom coração, isso tornará os dias mais leves.)
  • Um abraço nos dias difíceis ajuda muito
    (Muitas vezes nem é necessário que outra pessoa fale um discurso quando você tá mal, porque um abraço diz mais que muitas palavras e conforta a alma).
  • É bom se desligar da internet de vez em quando
    (Muito bom essa tecnologia toda, mas já experimentou largar o celular um pouquinho, aproveitar mais os momentos, a família e seus relacionamentos? Você pode estar perdendo muita coisa por não desgrudar a carinha do celular, experimente algo novo… Pode ser renovador.)
  • Melhor coisa ter um animal de estimação e alegria deles contagia
    (Tem dia que tô tristezinha olho pra Luna correndo e pulando em mim igual doida e isso me enche de alegria, animais estão sempre cheio de amor pra dar e doidinhos pra receber. Se você não tem um animalzinho, corre e adota!!! Vai ver que alegria que é.)
  • Faça coisas diferentes da sua rotina
    (Se você fica a semana inteira, o mês, o ano, fazendo a mesma coisas todos os dias, pode acabar ficando frustrado e entediado. Experimente fazer coisas novas, conhecer lugares novos, comer em um lugar diferente… Não precisa nem gastar muito dinheiro. Talvez perto da sua casa tenha uma sorveteria que você nunca foi ou um ponto turístico na sua cidade que você nunca conheceu… Enfim, se dê uma chance de experiências novas.)

    A vida é um eterno aprendizado. Algumas coisas nos auxiliam nos momentos baixos e nos dão força quando tudo parece dar errado. Espero que os momentos altos compensem os seus dias ruins e que os sorrisos ganhem força quando as lágrimas insistirem em querer aparecer. Que o resto do ano seja doce e que venha com leveza.

    Um beijo grande e até o próximo post!

aprendizado · Egoísmo · Meus textos · Oportunidades · Pensamentos · Vida · Viver

E se fosse a sua última oportunidade?


Há tanto tempo não entro aqui, deu saudade…
Queria compartilhar algumas coisas que aprendi nesse tempinho longe, coisas que para mim são importantíssimas e pode ser que tenha algum valor para você também. Já disse algumas vezes, não sou especialista em nada e nem dona da verdade, tudo que escrevo é o que está no meu coração que insiste em sair e se tornar em algumas palavras embaralhadas vez ou outra.
Conversando com algumas pessoas percebi que cada vez mais as pessoas estão carecendo mais de atenção e de cuidado, cada vez mais se sentem sozinhas e precisando de amparo.
O egoísmo se torna cada vez mais presente, vemos egoísmo naquele colega de trabalho que só pensa no próprio umbigo, na própria folga, na própria promoção… E pra alcançar tudo isso, se for necessário ele derruba quem é que esteja no caminho. Vemos aquele amigo que só se preocupa com os próprios problemas e em como você pode ajudá-lo a resolver, mas que ele nunca se dispõe a te ajudar com os seus e te ouvir de vez em quando, vemos egoísmo nos relacionamentos onde cada parte só está preocupada com o próprio prazer e ditam suas regras que só favorecem a si mesmos. É tanto egoísmo que as pessoas começam a achar que não precisam de ninguém, que elas se bastam, começam a ver as pessoas apenas como objetos que as ajudam à alcançar os próprios objetivos, ou como degraus para chegar ao topo.
É difícil encontrar alguém que se importe em saber como foi seu dia, sua semana, seu mês… É difícil encontrar quem te ajude a caminhar e viver ao seu lado nos bons e maus momentos. É difícil encontrar alguém que te veja de verdade, te escute de verdade e que esteja presente de corpo e alma quando você precisa.
A grande questão é que nós não sabemos até quando as pessoas que amamos vão estar por perto, não sabemos qual vai ser a última ligação, a última mensagem, o último pedido, o último beijo… Vivemos na constante incerteza e pode ser que essa seja a última oportunidade.
E se realmente fosse sua última chance? Você amou intensamente? Você se doou por aquela pessoa que sempre esteve ao seu lado? Você vivenciou momentos que valeram a pena? Você disse o último “eu te amo”?
Eu não quero ser pessimista e nem te colocar para baixo, mas é que a gente nunca sabe se vai ter um minutinho a mais que seja, então aproveita agora, diga tudo que tem pra dizer, abrace quem você tem para abraçar, escute quem você tem que escutar e viva como se fosse sua última oportunidade de fazer isso. Tenho certeza que é muito melhor aproveitar ao lado de pessoas que te fazem bem ao viver olhando para o próprio umbigo interessado apenas no seu próprio crescimento.
Procure crescer com que está perto de você, juntos, porque senão você pode acabar sozinho e sem ter ninguém para contar das suas vitórias.

2015 · 2016 · Coisas boas · Felicitações · Meus textos · Risco · Vida

Um pouco sobre 2015 e um olá para 2016

Quando 2014 estava no fim eu desejei para 2015 mais gratidão. As vezes nos concentramos tanto no que não temos que esquecemos de agradecer por tudo que possuímos e eu decidi que em 2015 eu queria fazer diferente. Não vou ser hipócrita e falar que não reclamei nenhuma vez, eu reclamei e sempre me arrependia depois e pedia perdão a Deus.
O ser humano é um bicho muito ingrato e insatisfeito, vivemos para conquistar bens e agradar nosso ego e esquecemos das coisas que realmente importam e posso dizer que é exatamente por isso que o mundo está do jeito que está, cada dia mais pessoas ficam vazias de sentimentos e mais cheias de si. Me arrisco a dizer que viver está sendo um risco, não lutamos para viver, lutamos para sobreviver.
Sobreviver ao caos, a ingratidão, a ganância e a falta de amor de algumas pessoas.
Triste é saber que todo mundo vê, mas poucos se incomodam com isso.

Hoje em dia quem ama as vezes é taxado de louco ou bobo, vivem gritando por ai que amor não existe, eu digo que existe sim, por mais que esteja um pouco escasso. Prefiro ser louca e viver amando do que sair por ai julgando e brigando, cheia da falta dele.

2015 me surpreendeu de muitas formas e amadureci muito por conta disso. Sei que Deus esteve todos os dias me ajudando e me abraçando nos momentos difíceis. Tive pessoas que foram necessárias em momentos delicados, que sabiam sempre o que falar e me apoiaram em algumas decisões.
Em momentos difíceis é sempre bom ter alguém que podemos contar, alguém que estará lá independente de qualquer circunstância e eu sou grata por ter pessoas maravilhosas ao meu lado.

O que desejo para esse 2016 é mais amor (o mundo precisa tanto disso), para que haja mais leveza e para que as coisas fiquem mais bonitas.
Peço a vocês que amem mais, sorriam uns para outros, espalhem cores, flores e espalhem sorrisos!

Vamos arriscar mais para ser feliz, aproveitar mais as coisas boas e parar de espalhar o mal. Para você que já perdeu a fé, te peço que recomece, acreditar ajuda as coisas a melhorarem.
Eu tenho fé que as coisas vão melhorar, é melhor acreditar e fazer por onde. do que viver reclamando e não fazendo nada para mudar situações ruins, né?!

E para hoje, vou deixar um pedacinho da música Risco da Marcela Taís:

“Coloque um pé e o outro pé
E vai na fé
Olha pra Deus e sorria
Coloca o medo debaixo do braço e siga
Viver é um risco que risca a vida
Que você não arrisca
Minha vó dizia coloca o medo debaixo do braço e siga”

Um feliz 2016 para cada um de vocês que gastam um tempinho para ler os meus escritos e um muito obrigada por cada palavra de ânimo, cada “curtida” e cada comentário.
Espero que esse ano seja um ano leve e cheio de amor e sorrisos, que a maldade do mundo não nos faça perder as esperanças e que principalmente não nos faça desistir.
Que Deus esteja com cada um, abençoando e dando forças para cada dia dessa nova etapa.

Um beijo

#projetoflortografias · cor · Flores · Vida

Ser flor

Eu criei um projeto no instagram que chama “Flortografias” um projeto que une flor e fotografia na intenção de espalhar encanto, cor e o bem.
Resolvi mostrar um pouco dele aqui. Espero que vocês gostem!

Flor,
Queria poder ser leve como tu
Que passa o dia encantando e colorindo onde quer que estejas
Que mesmo quando passa um pouco despercebida não perde toda essa beleza.
Que o vento não destrói e que mesmo depois da tempestade, quando o sol se abre, está lá, pronta para continuar colorindo e encantando.
Flor, quem dera eu ter toda essa tua simplicidade e hamonia
Quem dera eu ter toda esta simpatia.
Flor,
Continue colorindo caminhos que as vezes ficam sem vida e aproveita para colorir aqui, dentro de mim.
Porquê seja como flor, quero ser como flor.

Ser flor
Leve, livre e sem dor
Ser flor
Cheia de vida e de cor
Ser flor
Levar beleza, trazer encanto
Ser flor em todo canto

Sonhei que eu era flor: leve, pura e sem dor.
Sonhei que eu era flor: suave, bela e cheia de cor.
Sonhei que eu era flor e que a brisa do vento batia suavemente em cada pétala minha e eu dançava como borboleta.
Sonhei com a simplicidade de ser flor e descobri que ser grande é ser flor,
Ser gente é ser flor
Ser flor é encantar, colorir e fazer bem.
E o mundo precisa de encanto, de cor e precisa muito do bem.
Sonhei que eu era flor e acordei com uma vontade danada de ser.