Aprendizado · Dificuldades · Isso também passa · Pensamentos · Pessoal · Reflexão

Nem só de sorrisos o homem viverá

cropped-img_0549
ok, ok, eu sei que o nome do blog é espalhar sorrisos, mas às vezes vocês vão encontrar algumas lamentações e textos tristinhos também. Tá bem? Então tá bem.

É até engraçado entrar aqui depois de tanto tempo, dar uma lida nos textos antigos e perceber quanta coisa mudou, não sei porquê a gente tem mania de temer as mudanças, olhando pra trás percebo o quanto cresci e o quanto isso foi importante para mim.
Perdi de fato um pouco da inocência e ingenuidade que tinha quando criança, mas em compensação ganhei forças para enfrentar minhas próprias batalhas e aprendi a me reerguer depois de vários tombos.
Quando a gente é criança e cai, nossa mãe tem que vir dar um beijinho no nosso machucado e dizer que “já passou”, quando você cresce, você aprende a levantar com o próprio impulso da queda e a dizer pra si mesmo “já passou”.
O que me dá forças para acordar todos os dias é pensar que tudo passa, todo sofrimento é passageiro e toda luta serve para nos fortalecer. Eu sei, às vezes dá vontade de deitar no chão e fazer birra contra o universo, numa tentativa vã de fazer seus problemas desaparecerem. Esperando alguém te pegar no colo, resolver seus problemas e dizer “já passou”. Não funciona bem assim. Mas tá tudo bem você chorar às vezes e pensar em desistir, ninguém é de ferro. O importante é se lembrar no outro dia que tudo passa e que você vai conseguir enfrentar essa fase também.

Eu acho que a regra de vivência mais importante é não se tornar aquilo que te feriu e não se perder de si por um alguém ou por alguma coisa. O que nós temos de mais valioso somos nós, nós somos nossa eterna companhia e se perder de você para satisfazer um outro alguém é a pior burrada. Eu vi uma tirinha hoje, escrita assim “Estar sozinho, é o primeiro passo para nunca mais estar”. Você se tem e isso é maravilhoso!
Se existe alguém que pode mudar o rumo da sua vida, este alguém é você.
Quando você levar uma rasteira da vida e o coração estiver ardendo, igual aquela sensação de quando você ralava o joelho e sua mãe tacava Merthiolate e você gritava e chorava, ai ela falava “já passou” e a dor magicamente sumia, se olha no espelho e repita pra você mesmo “já passou”, curta sua companhia e se dê um sorriso. Viver é uma ferida incurável, mas a dor não precisa ser contínua.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s