Cabo Frio · Coisas para sorrir · Conhecer · Felicidade · fotografia · Ilha do Japônes · Lugares · Mar · Pessoal · Praia · Praia do Forte · Praia do Peró · Rio de Janeiro · Viagem · Viajar · Viver

Para deixar o coração leve – Cabo Frio (RJ)

A gente se sente tão pequenininho diante da imensidão do mar. As obras de Deus são maravilhosas!

É bom pensar que ele fez tudo com tanto amor e carinho pra gente. Isso só mostra o quanto o amor Dele é grande.

Fico olhando as fotos dessa viagem e me dá uma vontade de voltar no tempo. Acho que é por isso que a vida é tão interessante, sabe? É necessário viver cada momento como se fosse o último, cada oportunidade como se fosse a única, e de qualquer forma é única mesmo, porque por mais que a gente  queira não tem como viver um dia exatamente igual ao outro, sempre vai ter algo por mínimo que seja que vai fazer a diferença. Acho que é por isso que eu gosto tanto de fotografar, porque assim sempre vou ter registrado momentos tão importantes em fotos que quase me transportam paro o local, numa mistura de nostalgia com vontade de viver tudo de novo. 
Fui para Cabo Frio no final de maio, uma viagem muita gostosa que deixou meu coração leve e me trouxe uma dose extra de ânimo.
É incrível como estar perto de pessoas queridas torna tudo melhor. A viagem foi ótima, a companhia excelente e o lugar é maravilhoso.
Conheci a Praia do Forte, a Praia do Peró e a Ilha do Japonês.
Praia do Peró
Eu achei a praia linda, estava vazia o que pra mim é um ponto super positivo, mas tinha pouco vendedores ambulantes e as coisas lá eram mais caras. Tem uma “cabana dos pescadores” que eu achei que deu um charme todo especial lá e é ótimo para tirar fotos. O primeiro dia eu fiquei lá, porque era mais próximo da casa que ficamos, tive o privilégio de ver o céu num tom rosinha no final da tarde que deixou a praia ainda mais linda.

Praia do Forte
Também é linda, estava mais cheia e tinha bastante vendedores o que é um ponto positivo hahah.
A vista do Forte é linda e é ótima para tirar fotos, sem contar que caminhando dá pra encontrar muito lugar lindo e bom pra fotografar e de lá tive acesso a Ilha do Japonês.
Ilha do Japonês
Pra chegar lá tem que ir de barco (5 reais pra ir e 5 pra voltar), mas compensa se for pra lá cedo e ficar bastante tempo, eu gostaria de ter ficado mais, tem alguns quiosques, mas eu não cheguei a comprar nada. A maré estava bem baixinha e eu achei lindo. Não estava muito cheio.

Não vejo a hora de viajar de novo. Conhecer novos lugares, ter novas experiências e mais um milhão de fotos hahah
Espero que vocês tenham gostado de acompanhar minha viagem.
Um beijo e até o próximo post! 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s